Uma disputa relacionada ao tráfico de drogas na capital está sendo apontada como motivação para o homicídio de uma mulher de 32 anos.

Segundo investigação da delegacia especializada em homicídios da regional Leste de Belo Horizonte, um homem de 31 anos é o principal suspeito de cometer o crime. A vítima foi morta no dia 25 de junho de 2015, no bairro Nazaré, diante de várias testemunhas.

Levantamentos mostram que no dia do assassinato, o suspeito estava à procura do companheiro da vítima. Os dois disputavam a mesma região conhecida como Favela da Luz por tráfico de drogas. Como, o rival não foi encontrado a mulher foi morta com oito tiros.

Segundo o delegado Emerson Morais, que coordenou as investigações, “o suspeito ainda expulsou os familiares da vítima de suas casas e passava de carro em alta velocidade pelo anel rodoviário efetuando disparos de arma de fogo, a esmo, contra barracos da Favela da Luz, visando intimidar os moradores”.

O homem ainda é investigado em outros três homicídios ocorridos em Sabará, Região Metropolitana, e no bairro Goiânia, região Nordeste da capital.

O namorado da vítima também foi preso portando arma de fogo de uso restrito. A polícia acredita que ele pretendia vingar a morte da companheira.