Dois adolescentes suspeitos de participarem do tráfico de drogas e de envolvimento em torturas no Aglomerado do Índio, em Venda Nova, foram apreendidos na tarde deste sábado (17) com armas, dinheiro e entorpecentes pela Polícia Militar. Os jovens, conforme a corporação, operam a venda de drogas no local e foram localizados durante uma operação para combater homicídios e torturas na comunidade.

“Na terça-feira teve uma sessão de espancamento com uma pessoa que estava envolvida com o tráfico. Neste dia prendemos duas pessoas e identificamos outros quatro envolvidos, um deles é um dos adolescentes apreendidos hoje”, informou o tenente Guilherme Furtado, do Tático Móvel do 49º batalhão. 

Segundo o militar, os menores já têm passagens pela polícia por tráfico de drogas. Eles foram monitorados e encontrados nesta tarde dentro de um barracão do aglomerado. No imóvel, duas submetralhadoras, uma pistola e espingarda de fabricação artesanal. Uma réplica de arma também foi recolhida, além de 38 munições de calibres diferentes. 

Os policiais também apreenderam 32 buchas de maconha, nove porções da erva, 309 pinos de cocaína, uma pedra de crack, dois celulares, balança para pesagem da droga, material para embalo dos entorpecentes e R$ 2.716 em dinheiro. 

Os dois adolescentes e o material apreendido foram levados para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional, no Barro Preto, Centro-Sul da capital.