Uma ocorrência envolvendo um Camaro estacionado em local proibido terminou com a prisão de três suspeitos de tráfico de drogas, na noite desse domingo (24), em Ipatinga, no Vale do Aço.

Segundo o boletim de ocorrência, o veículo estava em frente a uma garagem ao lado de um bar na rua Pero Vaz de Caminha, no bairro Bom Retiro, e os militares tentavam localizar o dono. Pouco tempo depois, um homem de 41 anos se apresentou como motorista. Ele estava acompanhado de uma mulher e a agitação da dupla chamou a atenção dos agentes, que fizerem uma busca no interior do carro e encontraram porções de maconha e um dichavador, ferramenta usada para moer a droga.

Também foram apreendidos R$ 100,00 em dinheiro, uma folha de cheque no valor de R$ 1.200,00 e sete cartelas de comprimidos para disfunção erétil. Uma terceira suspeita, que estava dentro do bar, se apresentou como proprietária da bolsa e de todo o material.

O segurança do estabelecimento informou aos policiais que os três suspeitos, o homem e as duas jovens de 20 e 22 anos estavam dentro do bar e assim que perceberam a presença da viatura, jogaram embalagens contendo droga na lixeira do banheiro feminino. No local havia pedras de crack e um cachimbo.

As suspeitas negaram qualquer envolvimento com o tráfico e disseram apenas que eram usuárias.

Já o homem informou que é piloto de avião e alegou que comprou o carro com o salário de R$ 20 mil que ganha fazendo táxi aéreo. Ele disse ainda que os comprimidos encontrados dentro do carro são para uso próprio e também negou que estivesse traficando.

Os três presos são de Governador Valadares, na região Rio Doce, e foram levados para a delegacia de Ipatinga, onde o caso será investigado.

O dono do Camaro, com placa de São Paulo, não tinha habilitação, e o carro foi removido para um pátio credenciado.