Os passageiros de Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, já estão pagando mais caro pelas passagens dos ônibus municipais. A tarifa foi reajustada em 11% e, com isso, saltou de R$ 3,85 para R$ 4,25.

Conforme a Secretaria Municipal de Segurança, o reajuste poderia ter sido maior. "A prefeitura esclarece que a fórmula deixada pela administração passada, se aplicada, iria gerar um valor de R$ 4,92. A atual administração informa que conseguiu reduzir a tarifa em R$ 0,25, com relação ao percentual ministrado na Região Metropolitana de Belo Horizonte- RMBH – o que possibilitou o reajuste em vigor e que obedecendo o Índice Geral de Preços (IPG), da Fundação Getúlio Vargas".

Por meio de nota, a prefeitura destacou que está trabalhando para melhorar o transporte público da cidade. De acordo com o Executivo municipal, a Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes tem "implementado as ações de melhorias, como colocação de baias com cobertura nos pontos de ônibus, além de ampliação e outros benefícios que darão mais qualidade aos usuários dos transportes públicos".

Nesta terça-feira (8), começou a vigorar o novo valor das passagens de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. No município, as tarifas foram reajustas em 7% e, com isso, passaram de R$ 4,05 para R$ 4,35.

Para autorizar o aumento, o Executivo exigiu que as empresas realizem melhorias no serviço, como renovar 50% da frota em 2019 e o restante em 2020, além de instalar wi-fi gratuito nos veículos.

Já em Belo Horizonte, a tarifa saltou de R$ 4,05 para R$ 4,50, reajuste de 11%.