Dois dos três indicadores de monitoramento da Covid-19 em Belo Horizonte tiveram queda nesta sexta-feira (30), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura. Porém, o índice de transmissão (Rt), que mede a circulação do novo coronavírus, fechou o mês de abril em estado de alerta amarelo, em 1,01.

Isso significa que cada cem infectados podem transmitir a doença, em média, para outras 101 pessoas. O índice estava no nível verde, abaixo de 1, há quase um mês, mas desde a semana passada vem aumentando sucessivamente, mesmo antes da flexibilização do comércio.

A reabertura dos serviços não essenciais ocorreu no último dia 22 e, como a janela de infecção do vírus gira em torno dos 14 dias, só na próxima semana, em 6 de maio, será possível avaliar  esse impacto.

Ainda conforme o boletim, são 177.432 casos confirmados de Covid-19 na capital mineira e 4.329 óbitos. Nas últimas 24 horas foram registrados 1.402 novos diagnósticos e 34 mortes em decorrência da doença.

A taxa de ocupação de leitos de UTI continua em nível máximo de alerta, em vermelho, apesar de ter caído de 78,9% para 78,1%. O indicador é considerado controlado quando fica abaixo de 70%. Já a ocupação de enfermarias também registrou uma leve queda e passou de 60,3% para 58,3%.

Leia Mais:
Justiça determina que governo federal pare campanhas que estimulam o uso do 'Kit Covid'
PBH abre cadastro para vacinação contra Covid-19 de pessoas com comorbidades; veja quem tem direito
36 mil idosos de 60 anos poderão ser vacinados contra a Covid a partir de segunda em BH; veja locais