A taxa de transmissão do novo coronavírus voltou a subir em Belo Horizonte nesta terça-feira (14). O RT chegou a 0,96, o que significa que cada grupo de 100 pessoas transmite a Covid-19 a outras 0,96. Nessa segunda-feira (13), a taxa estava em 0,93, ante 0,86 registrado na última sexta (10).

O índice ainda está em nível de alerta verde, mas muito próximo de 1 - acima desse número, é um indicativo de que a transmissão do vírus está acelerando na cidade.

Esse aumento na transmissão ocorre duas semanas após um novo decreto da Prefeitura de Belo Horizonte, publicado em 31 de agosto, ter ampliado a flexibilização e permitido que bares e restaurantes funcionem até 1h da manhã.

Leitos

Ainda segundo o boletim epidemiológico, a ocupação de leitos de enfermaria também registrou aumento de 29,2% para 29,6%.

Já a lotação das vagas da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com a doença caiu e alcançou 45,3% nesta terça, ante 47% na segunda.

Boletim

A capital mineira confirmou, até o momento, 278.275 casos de Covid-19. Desses, 270.041 são considerados recuperados e outros 1.613 permanecem em acompanhamento. No total, 6.621 pessoas morreram em decorrência da doença.

Segundo o boletim, 1.931.389 moradores foram vacinados com a primeira dose em BH, o que corresponde a 84,7% da população total da cidade. Com as duas doses, 1.050.645 foram imunizados, o equivalente a 47,2% dos habitantes.

Com a dose única, da Janssen, 59.207 pessoas foram protegidas e outras 11.259 já tomaram o reforço.

Leia Mais:
Três servidores são indiciados em caso de ‘fura-fila’ na vacinação em Passos, no Sul de Minas
Nova Lima já vacinou por completo 51% da população adulta contra a Covid