A professora de português das Faculdades Kennedy e Promove, Renata de Oliveira, acredita que a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 deve ter temáticas correlatas à pandemia da Covid-19, como, por exemplo, os desafios da educação à distância ou como a pandemia afetou a saúde mental dos brasileiros.

A redação faz parte do primeiro dia de prova que será no próximo domingo (17), que terá ainda 45 questões de duas áreas de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. 

Renata de Oliveira lembra que a redação distribui 1.000 pontos e é um dos principais filtros do Enem. Por isso, ela orienta que os candidatos devem tentar produzir as 30 linhas da redação logo no início da prova, quando o candidato está com toda a energia e ler o restante das questões com muita atenção e foco. 

A professora de português alerta que os candidatos devem evitar generalizações e afirmativas, além de usar uma linguagem impessoal, culta, formal e muita coerência com o tema proposto. 

Minas Gerais tem o segundo maior número de inscritos no Enem 2020, são quase 570 mil candidatos que vão fazer a versão escrita da prova. O local onde o candidato vai fazer o exame está no cartão de confirmação de inscrição, que pode ser acessado na Página do Participante.   

Veja a entrevista na íntegra: