Um forte temporal que atingiu São Lourenço, no Sul de Minas, matou um idoso de 67 anos que dormia em uma pousada. De acordo com a Defesa Civil do município, a força da chuva fez o Córrego Esperança transbordar e a água inundou o quarto que o homem estava. O caso aconteceu na noite de domingo (29), nos fundos do estabelecimento que fica na avenida Getúlio Vargas.

Com mais essa vítima, o número de óbitos em Minas desde o início do período chuvoso deve saltar para 74. A ocorrência de São Lourenço será analisada pela Defesa Civil Estadual, que deve incluir o idoso na relação de mortes por chuva.

Destruição

A tempestade em São Lourenço foi classificada pela prefeitura como "torrencial". Em um intervalo de 30 minutos, choveu aproximadamente 30 milímetros. "Um volume excessivo de água em um curto espaço de tempo", destacou o executivo.

Por causa do aguaceiro, houve destruição na cidade. O bairro Federal, a avenida Dom Pedro II e a Via Silvestre Ferraz foram os pontos mais danificados. No locais, casas e comércios foram inundados. Os estragos provocados pelo temporal ainda estão sendo contabilizados. 

91523162_2698419383778007_6356910927928885248_o.jpgVias da cidade ficaram destruídas após a tempeste de domingo

Na manhã desta segunda-feira (30), agentes da prefeitura fazem um mutirão para desobstruir as vias e retirar lixo de bueiros. "A equipe do SAAE, Infraestrutura, Defesa Civil e SLTrans agiram prontamente para atender aos chamados da população durante toda a noite", destacou. Além disso, a Secretaria de Desenvolvimento Social também está trabalhando para prestar apoio às famílias que tiveram prejuízos com a tempestade.

Números

As chuvas no Estado fizeram 196 cidades decretaram situação de emergência. De acordo com a Defesa Civil - que ainda não reconheceu o óbito em São Lourenço -, 73 pessoas morreram e outras 6.625 ficaram desalojadas ou desabrigadas.