Mais uma madrugada com muita chuva casou estragos em Belo Horizonte e Região Metropolitana nesta quinta-feira (8). Duas pessoas ficaram feridas após o desmoronamento de um barranco na capital. Na Grande BH, Contagem e Esmeraldas também contabilizam estragos em decorrência da chuva.

Na região Noroeste, entre os bairros São Cristóvão e Concórdia, próximo à avenida Antônio Carlos, um barranco desabou e atingiu um barracão. Duas pessoas que estavam no local ficaram soterradas. Uma mulher foi retirada dos escombros pelos próprios moradores da região, com ferimentos leves. Os bombeiros foram acionados e socorreram a outra vítima, um homem, que teve várias fraturas. Os dois foram levados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.

Ainda de acordo com os Bombeiros, as vítimas estavam em uma moradia improvisada, quando o deslizamento de terra ocorreu e acabou atingindo o casal.

A Defesa Civil informou que três casas, que ficam no alto do barranco da avenida Antônio Carlos, foram interditadas. Os moradores já deixaram o local, conforme o órgão.

Na região do bairro Padre Eustáquio, na altura da Praça São Vicente, o excesso de água impediu o tráfego de motoristas na avenida Eduardo Brigadeiro Gomes. No bairro Luxemburgo, na região Centro-Sul da capital, uma árvore caiu na fiação de energia elétrica na região travando o trânsito na rua Gentios. O local está interditado para os trabalhos do Corpo de Bombeiros e Cemig.

Deslizamento de terra

Às margens do Anel Rodoviário, no sentido Rio de Janeiro, uma encosta cedeu e o trânsito também está impedido na pista marginal. A Subsecretaria de Defesa Civil de Belo Horizonte informou que enviará técnicos ao local para avaliar os riscos, já que há casas no topo da encosta. A avenida Antônio Carlos, na altura do número 11.970, também está parcialmente interditada devido ao deslizamento de terra. 

Grande BH

Em Contagem, o córrego Sarandi transbordou, mas não houve registro de feridos na região. Em Esmeraldas, a chuva também provocou estragos. O muro de um condomínio caiu durante a madrugada depois que um barranco desmoronou. A água invadiu dois apartamentos, que foram interditados pelo Corpo de Bombeiros.  Não houve vítimas.