Três suspeitos foram presos na noite dessa sexta-feira (11) em uma tentativa de assalto a uma loja de eletrodomésticos do Centro de Belo Horizonte. Eles invadiram o local no momento em que uma vendedora fechava o comércio e fizeram 11 pessoas reféns, entre funcionários e clientes.

Segundo a Polícia Militar, dois homens entraram e anunciaram o assalto. Um deles portava uma réplica de arma de fogo. Eles fecharam todas as portas e obrigaram as vítimas a ficarem deitadas, enquanto recolhiam os celulares de todos. 

Policiais da cavalaria que faziam o patrulhamento na região foram acionados por poulares que suspeitaram da atitude da dupla. Em seguida, todo o quarteirão foi cercado. Pelos furos da porta de aço, os militares visualizaram a movimentação no interior da loja, entraram no estabelecimento e prender os criminosos. 

 Na tentativa de despistar os policiais, um dos suspeitos teria vestido o uniforme de um dos funcionários. Um terceiro suspeito, que estava na rua e usava um celular para passar informações aos comparsas, também foi detido.

O trio, com  com idade de 22, 25 e 36 anos, foi levado para a delegacia e os reféns liberados. A loja possui câmeras de seguração e toda a ação foi gravada. As imagens serão analisadas e vão ajudar os agentes a identificar a participação de cada um na ação criminosa.

Apesar dos momentos de terror, ninguém se feriu durante a tentativa de assalto.