O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (Obsis/UnB) confirmou, nesta segunda-feira (3), o abalo sísmico de magnitude de 1,6 na escala Richter, registrado na cidade de Montes Claros, no Norte de Minas, na tarde desse domingo (2).

Segundo o professor George Sand do Obsis/UnB, o tremor foi captado tanto pela Estação sismográfica de Januária quanto pela Estação de Diamantina. 

Não é a primeira vez que a terra treme na cidade. Em 2014, por causa de tremores com magnitudes de 3,8 e 3,9, levantou-se a possibilidade de ocorrer um terremoto "catastrófico". Na ocasião, uma coletiva foi realizada na Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e os especialistas esclareceram à população sobre os tremores de terra ocorridos recentemente na cidade. E informaram que não existe possibilidade de um terremoto de 7 ou 8 graus. Apesar disso, afirmaram que é feito um monitoramento constante na cidade. E ainda que a falha ativa responsável por causar os tremores já havia sido identificada, na região da Vila Atlântida, lado Noroeste.

 Leia mais:
Tremor de 2,5 graus na escala Richter atinge Montes Claros
Tremor em Montes Claros atingiu 3,5 graus de magnitude na Escala Richter
Terremoto "catastrófico" em Montes Claros é descartado por estudiosos