Moradores de Paracatu de Baixo, distrito de Mariana devastado pela lama após o rompimento da barragem de Fundão, da Samarco, escolheram o terreno onde a comunidade será reconstruída. Com 65% dos votos válidos, a área selecionada foi Lucila, no distrito de Monsenhor Horta, em Mariana.

Participaram da votação 108 famílias, das quais 103 votaram na área de 84,8 hectares, que fica a 32 quilômetros do centro de Mariana. A votação foi realizada por uma consultoria escolhida pela Samarco e teve o acompanhamento do Ministério Público. Um dos critérios para que houvesse a definição era que o local tivesse ao menos 60% dos votos válidos.  

O próximo passo é a definição das características do projeto arquitetônico e urbanistico. Serão realizadas reuniões com as famílias para o fechamento das características de cada residência.

A empresa tem até 2018 para entregar as três áreas afetadas reconstruídas. Os moradores de Bento Rodrigues e de Gesteira também já definiram qual será o novo endereço das comunidades. Até lá, as vítimas do acidente ficarão em casas alugadas pela empresa na região.

Leia mais:
Moradores de Paracatu de Baixo escolhem novo terreno para o distrito
Cotidiano em Paracatu de Baixo foi interrompido de repente em 5 de novembro