A Polícia Civil vai tentar descobrir se um homem que estava ameaçando um adolescente, de 16 anos, é o autor de um atentado contra a vida do jovem em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Um inquérito foi aberto nesta segunda-feira (13) e o autor do disparo ainda não foi localizado.

O caso ocorreu nesse domingo (12) quando o T.J.N.G caminhava pela rua Abalem Moruta Frangia quando uma pessoa em um carro GM Celta, de cor preta, atirou quatro vezes contra o adolescente.

O padastro da vítima viu toda a ação e denunciou o caso para a Polícia Militar. O adolescente foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Pronto-Socorro da Universidade de Uberlândia (UFU). Segundo ele, o enteado estava sendo ameaçado há vários dias por uma pessoa que é suspeita de ter atirado contra o garoto. O suspeito, contudo, ainda não foi localizado.