O processo de separação de um casal geralmente é doloroso. E quando há filhos envolvidos, a situação pode ser ainda mais sofrida. Isso porque um dos responsáveis pela criança ou adolescente pode acabar '‘jogando’' o filho contra o outro genitor. 

Para evitar esse quadro, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) ministra um curso que mostra para os pais como poupar os filhos dos possíveis conflitos típicos do fim de relacionamentos, e mostrar que a família não acaba com o fim do vínculo conjugal.

O serviço é gratuito e aberto a todos que já têm ou não processos judiciais em tramitação. "O curso é pensado para auxiliar pais e filhos a lidar melhor com o processo de divórcio e, assim, evitar os danos da alienação parental, que é quando um dos pais influencia o filho de modo a prejudicar seu vínculo afetivo com o outro genitor", esclareceu o Tribunal de Justiça de Minas.

A próxima oficina para pais será realizada em 26 de fevereiro, das 13h30 às 17h30. Já o curso destinado às crianças e aos adolescentes será em 28 de fevereiro, das 8h30 às 12h30. Para fazer a inscrição basta ligar no número 3253-2164 ou fazer o cadastro pelo e-mail cejuscbh.mediacao@tjmg.jus.br. 

O curso é ministrado na avenida Francisco Sá, 1.409, no Bairro Santo Agostinho, na região Centro-Sul da capital. A oficina é conduzida por psicólogos e assistentes sociais capacitados em mediação de conflitos. Quem não puder comparecer nestas datas já pode agendar para participar das oficinas futuras.