Não há mais nenhuma família em área de risco em Macacos, distrito de Nova Lima, na Grande BH. A confirmação foi feita pelo tenente-coronel Robson Geisel, neste domingo (17), no Centro Comunitário da localidade, onde os moradores dessas áreas fazem cadastros e recebem informações de pontos e rotas de fuga. 

Segundo o militar, algumas famílias hesitaram em deixar os locais. "Em princípio, houve algumas resistências. Mas conseguimos resolver e as tiramos de lá", diz. "Estamos aqui para garantir a segurança dos moradores, dos locais vazios. É nossa responsabilidade", complementa. 

De acordo com o tenente-coronel, os que preferiram sair de Macacos foram encaminhados a hotéis de Belo Horizonte. Os outros, estão em casas de parentes.

Ele explicou que somente a estrada que passa por dentro do Condomínio Pasárgada está liberada para trânsito. "Faz parte do protocolo de proteção (interditar vias)", explica.Não há previsão de liberação da via que liga o distrito à BR-040.

Leia mais:

Moradora de Macacos relata momento em que foi avisada sobre barragem: 'Angustiante'

Mapa com rota de fuga em caso de rompimento de barragem é divulgado em Macacos

Acesso a Macacos é bloqueado para 'diminuir impactos em eventual necessidade de evacuação'