Sétimo tumor mais frequente no país, o câncer de boca mata 14 brasileiros por dia. Dois deles, moradores de Minas. Mas a doença – curável 80% das vezes, se descoberta no início – pode ser prevenida. Parar de fumar e beber e fazer uma boa higiene bucal são cuidados fundamentais para reduzir as chances de um diagnóstico positivo. “Só 10% dos casos são por fatores genéticos”, diz a cirurgiã-dentista Ana Paula Silva.

Mestre em oncologia e coordenadora do Programa de Prevenção ao Câncer Bucal do Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais (CRO-MG), ela explica que todas as partes da cavidade oral podem ser atingidas.

Isso inclui ossos, maxilares, mandíbula, gengiva, bochecha, palato, entrada da garganta, lábios e língua – onde o problema é mais frequente, inclusive na parte inferior.

O tumor, em geral, se manifesta na forma de manchas vermelhas ou brancas ou como lesões que duram mais de 15 dias. Quem percebe um desses sinais precisa procurar um dentista para ser examinado, principalmente se não sentir dor.

Cabe a esse profissional dar o diagnóstico. Diante de algum ferimento, é pedida uma biópsia e, se for o caso, o paciente é encaminhado ao oncologista. Daí a importância de ir, a cada seis meses, ao consultório odontológico.
Inspecionar a própria boca com a ajuda de um espelho também é uma forma de prevenir complicações. O autoexame pode ser feito em casa e permite notar, além das feridas, alterações como caroços.

PARA NÃO REMEDIAR

Mas as medidas mais importantes são abandonar o cigarro e o álcool e redobrar a limpeza da boca, o que significa escovar bem os dentes pelo menos três vezes por dia, usando o fio dental após o almoço e antes de dormir.

Ana Paula explica que os produtos que podem induzir o câncer são chamados carcinógenos. Nas bebidas, o principal é o acetaldeído, que pode ser produzido pelas células da mucosa oral e também pelos micro-organismos orais, pelo metabolismo do álcool.

“Por isso, o acúmulo de bactérias na boca, consequência da má higiene, pode contribuir para o câncer”, diz. Quem fuma e bebe tem 15 vezes mais chance de ter a doença. Alimentação equilibrada e exercícios ajudam a aumentar as defesas do organismo.

Orientações à população

Para o comemorar o Dia do Cirurgião-Dentista (25/10), o CRO-MG programou ações na capital e no interior para instruir a comunidade sobre a higiene bucal correta e como evitar o câncer.
- BH: dia 24, das 10 às 13h, na Praça 7
- Lavras: hoje, das 14 às 17h, no auditório do Unilavras (rua Padre José Poggel, 506, bairro Centenário)
- Alfenas: dia 24, das 7h30 às 17h30, no anfiteatro do Sindicato Rural
- Patos de Minas: 1º/11, a partir das 9h, no Sesi (av. Afonso Queiroz, 966, bairro Antônio Caixeta