A circulação em algumas vias na área central e o itinerário de linhas do transporte público por ônibus serão alterados na sexta-feira (7), em função do Desfile Cívico-Militar de 7 de Setembro, previsto para ocorrer de 9h às 11h, na avenida Afonso Pena entre avenidas do Contorno e Amazonas (Praça Sete), neste sentido.

De acordo com a BHTrans, faixas de tecido serão afixadas para orientação aos condutores. Agentes da Unidade Integrada de Trânsito – formada por BHTrans, Polícia Militar e Guarda Municipal de Belo Horizonte – vão operar o tráfego na região.

Medidas Operacionais

As alterações no trânsito já começaram nesta quinta-feira (6), a partir das 14h, com a desativação de pontos de embarque e desembarque, e interdição de duas faixas da direita, da avenida Afonso Pena, entre avenida Álvares Cabral e rua da Bahia (neste sentido), para a montagem de palanques. Áreas de estacionamento na região serão reservadas para veículos de autoridades e imprensa.

Na sexta-feira (7), dia em que se comemora a Independência do Brasil, a partir das 5h, as ruas e avenidas já mencionadas serão fechadas para a realização do desfile. A partir das 13h, o trânsito no local vai ser liberado gradativamente, na avenida Afonso Pena, da praça Milton Campos (cruzamento entre as avenidas do Contorno e Afonso Pena) até a rua Pernambuco. O tráfego de veículos no restante do trecho interditado tem liberação prevista para acontecer a partir das 18h.

Interdições

Para a realização do evento, nesta sexta-feira (7), serão interditadas as seguintes vias a partir de 5h:

Avenida Afonso Pena, entre Praça Sete e avenida Brasil (sentido Centro/Bairro);
Avenida Afonso Pena, entre avenida do Contorno (Praça Milton Campos) e Praça Sete (sentido Bairro/Centro);
Avenida Carandaí, entre avenidas Afonso Pena e Bernardo Monteiro (ambos os sentidos);
Avenida Getúlio Vargas, entre avenida Afonso Pena e rua Maranhão (ambos os sentidos);
Avenida Bernardo Monteiro, entre avenidas Brasil e Afonso Pena (neste sentido);
Avenida João Pinheiro, entre rua Gonçalves Dias e avenida Álvares Cabral (neste sentido).

A pista da avenida Afonso Pena, entre avenidas Brasil e do Contorno (Praça Milton Campos), sentido Centro/ Bairro, estará liberada ao trânsito.

A conversão para a rua Santa Rita Durão a partir da avenida Afonso Pena (sentido Centro/Bairro) permanecerá liberada, sendo interditada operacionalmente para a passagem das tropas e veículos em desfile.

Não será permitida a travessia do cruzamento da avenida Brasil com avenida Afonso Pena (somente veículos de emergência e viaturas).

A rua Goiás, entre rua dos Guajajaras e rua da Bahia, e a avenida Álvares Cabral, entre avenida Augusto de Lima e rua da Bahia (praça Afonso Arinos), terão acesso restrito.

Também estão previstas interdições para realização da concentração inicial, programada para começar, a partir das 5h30, nas seguintes ruas e avenidas:
 
Avenida Afonso Pena, entre avenidas do Contorno e Carandaí (sentido Bairro/Centro);
Avenida Afonso Pena, entre avenidas Brasil e Getúlio Vargas (uma faixa à esquerda no sentido Centro/Bairro);
Avenida Bernardo Monteiro, entre avenidas Brasil e Afonso Pena (neste sentido);
Rua dos Aimorés, entre avenida Brasil e rua Rio Grande do Norte;
Rua Rio Grande do Norte, entre rua dos Aimorés e avenida Afonso Pena;
Avenida Carandaí, entre avenidas Afonso Pena e Brasil (ambos os sentidos);
Rua Professor Moraes, entre avenidas Getúlio Vargas e Afonso Pena (somente reserva de área).

Áreas nas redondezas de onde vai acontecer o desfile também vão ser interditadas, a partir das 21h desta quinta-feira (6), para a realização do estoque de ônibus e dispersão no término do desfile. Ficarão fechas as seguintes vias:

Rua Espírito Santo, entre avenidas Afonso Pena e Amazonas;
Rua dos Tamoios, entre avenida Afonso Pena e rua da Bahia;
Viaduto Santa Tereza;
Rua Sapucaí, entre avenidas Assis Chateaubriand e Francisco Sales;
Avenida Assis Chateaubriand, entre viaduto Santa Tereza e avenida Francisco Sales;
Rua Itambé, entre avenida Assis Chateaubriand e rua Aquiles Lobo;
Rua Tabaiares, entre rua Sapucaí e rua Urucuia;
Alameda Ezequiel Dias, entre avenidas Carandaí e dos Andradas (lado esquerdo da via).

As áreas para o estacionamento de autoridades e imprensa estarão reservadas nos seguintes locais:

Rua Goiás, entre rua dos Guajajaras e avenida Álvares Cabral, em ambos os lados;
Rua Goiás, entre avenida Álvares Cabral e rua da Bahia (em ambos os lados);
Avenida Álvares Cabral, entre avenida Augusto de Lima e rua da Bahia (praça Afonso Arinos), em ambos os sentidos e lados da via.

As entidades civis e militares que vão participar do desfile terão área de concentração reservada nas seguintes vias:

Avenida Carandaí, entre avenida Afonso Pena e rua Rio Grande do Norte (em ambos os sentidos e lados);
Rua Aimorés, entre avenida Afonso Pena e rua Rio Grande do Norte (em ambos os lados);
Rua Rio Grande do Norte, entre rua dos Aimorés e avenida Afonso Pena (em ambos os lados);
Avenida Bernardo Monteiro, entre rua dos Timbiras e avenida Afonso Pena (neste sentido – lado direito da via).

Transporte Coletivo

Em função da montagem de palco para o evento, os pontos do transporte coletivo da avenida Afonso Pena, sentido Centro, entre avenida Álvares Cabral e rua da Bahia, serão desativados, a partir das 14h, desta quinta-feira (6).

As linhas 2101, 2104, 3030, 4106, 4405, 5031, 5101, 5106, 9032, SC02B deixarão de utilizar o ponto localizado na avenida Afonso Pena, 1.271. O ponto substituto passa a ser o da avenida Afonso Pena, 1.149.

As linhas 9202, 9204, 9403, 9408 e 9412 passam a utilizar o ponto localizado na avenida Afonso Pena, 1.421 e não o situado no número 1.213.

As linhas 9501, 9503, 9803 e 9805 vão parar no número 1.501 da avenida Afonso Pena.

Durante as intervenções, as linhas terão seus itinerários alterados e o embarque e o desembarque de passageiros serão realizados ao longo dos desvios. Cartazes serão afixados no interior dos ônibus e nos pontos de embarque e de desembarque para orientar os usuários sobre as alterações.

Para a segurança de todos, a BHTrans orienta os motoristas a redobrar a atenção e respeitar os agentes de trânsito e a sinalização implantada durante a operação.

Confira aqui as linhas do transporte coletivo e os itinerários.

Veja as sugestões de desvios dadas pela BHTrans aqui.

Leia mais:
Cerca de 93 mil devem embarcar na rodoviária de BH neste feriado; veja o esquema de trânsito