Três integrantes da Gerência de Geotecnia Operacional da Vale que são investigados sobre o rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, serão ouvidos pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Barragem de Brumadinho, nesta quinta-feira (16), a partir das 9h30. Esta é a segunda reunião realizada pela CPI nesta semana.

Os três foram citados, em reunião da CPI realizada em 9 de maio, como integrantes da equipe que tinha responsabilidade técnica pela segurança da Barragem B1, que se rompeu no dia 25 de janeiro.

O número de mortos identificados na tragédia de Brumadinho subiu para 240. Com isso, o número de desaparecidos caiu para 30, segundo a Defesa Civil Estadual.

Procurada pela reportagem, a Vale ainda não se manifestou sobre o assunto. 

Leia mais:
Governo antecipa pagamento da primeira parcela de repasses em atraso para Brumadinho e Mariana
Justiça de Minas determina bloqueio de R$ 60 milhões e suspensão parcial das atividades da Tüv Süd
Moradores de Itabira vão passar por simulado de barragens e terão aplicativo com projeção da lama