Três policiais, lotados na região metropolitana de Belo Horizonte, foram presos em Matipó, na Zona da Mata, por suspeita de cometer crime eleitoral. Eles estariam trabalhando para um candidato à prefeitura da cidade. A polícia chegou ao lugar após denúncia anônima de que os homens estariam ameaçando as pessoas do município com armas.

Segundo informações da Polícia Militar, oficiais se deslocaram para uma ocorrência acionada por volta das 17h30 da última quarta-feira (27), em Matipó. Ao chegarem no local, os três homens denunciados se identificaram como militares, que estariam a serviço do Ministério Público. Depois, os militares teriam dito que estariam de passagem pelo lugar, pois estariam visitando um colega em uma cidade próxima. O trio estaria de folga

As informações deles, porém, não foram confirmadas pelos policiais deslocados para atender ao chamado, que ainda verificaram que os três homens estariam em carro com placa adulterada. Os militares foram presos em flagrante pela Polícia Militar e conduzidos inicialmente para Manhuaçu, local do plantão regionalizado da Polícia Civil. A prisão foi ratificada pela Polícia Judiciária.

O trio foi transferido para a sede do 11º Batalhão de Polícia Militar e lá se encontra à disposição da Justiça. A Polícia Militar esclarece que foi instaurado um procedimento administrativo pela coorporação e o acompanhamento pela corregedoria. A polícia investigará o trio por falsificação de identidade e adulteração de placas.