Três suspeitos de tentar assaltar uma a Caixa Econômica Federal em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), foram mortos na madrugada desta sexta-feira (14). A Polícia Militar recebeu informações apuradas pelo setor de inteligência e os agentes abordaram a quadrilha no momento em que a agência era explodida. Houve troca de tiros e nenhum policial ficou ferido.

A quadrilha, com cinco membros, que seria de Divinópolis, na região Centro-Oeste de Minas, já vinha sendo monitorada. Os suspeitos teriam marcado um encontro na zona rural de Itaguara, na Grande BH, onda sequestraram um refém, que foi levado ao assalto. O carro dele também foi usado na ação.

Depois da troca de tiros, dois integrantes d bando fugiram e entraram numa casa que fica a cerca de 500 metros da agência bancária. Eles fizeram três pessoas como reféns (um casal e a filha). Houve negociação entre especialistas do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e os homens se entregaram. As vítimas não ficaram feridas.  

Não há informações até o momento se a quadrilha retirou dinheiro da agência. A polícia recuperou armamento, munição, coletes e explosivos. 

Confira vídeo da coletiva da PM: