O Governo de Minas lançou nesta quinta-feira (13) o primeiro vídeo institucional protagonizado por uma mulher transexual. O curta, intitulado “O amor transforma preconceitos”, tem como objetivo promover o respeito à diversidade sexual e estimular o diálogo com a sociedade sobre o tema.

O vídeo, dirigido por Eduardo Zunza, conta a história de uma tradicional família mineira que vive na zona rural do Estado. Em um minuto, as imagens mostram a rejeição de uma transexual, que sai de casa e só volta na celebração dos 50 anos de casamento dos pais. A trans chega acompanhada pelo companheiro e pela filha.

A protagonista do vídeo, Laura Zanotti, é maquiadora, ativista LGBT e foi selecionada no teste de elenco para viver a personagem transexual. Para ela ter participado da produção representa uma conquista de espaço para as travestis, mulheres transexuais, homens trans.

“Foi uma honra ter representado as pessoas LGBTs, principalmente por ser uma mulher transexual, mostrando que nós existimos e que aos poucos ganharemos nossos direitos e estaremos em todos os espaços”.

A trilha sonora da produção é de Lô Borges e Márcio Borges com a música “Quem sabe isso quer dizer amor”. O vídeo faz parte da “Livres & Iguais”, campanha da Organização das Nações Unidas (ONU) pela igualdade LGBTI, e tem a parceria da embaixada do Reino dos Países Baixos no Brasil.