A Justiça Eleitoral vai aproveitar a 40ª Exposição Nacional de Orquídeas, que vai ser realizada entre os dias 11 e 13 de outubro, na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte, para montar um posto de recadastramento biométrico.

O posto vai contar com dez guichês de atendimento, que vai funcionar, das 9h às 17h, para facilitar o acesso aos serviços e ampliar o serviço, com menos de 40 por cento do eleitorado biometrizado.

O endereço da Serraria é avenida Assis Chateubriand, 809, no Centro. No caso dos postos provisórios, o atendimento é feito apenas por ordem de chegada.

Atendimento

O eleitor de Belo Horizonte ou de outra cidade, que pretende transferir o título para a capital, deve comparecer portando documento oficial de identidade que comprove a nacionalidade brasileira, além de comprovante de endereço. São aceitos como documento a carteira de trabalho, carteira de identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento. Não são aceitos a carteira de habilitação e o novo passaporte. Homens que vão fazer o alistamento eleitoral devem apresentar também comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos).

O atendimento aos eleitores de Belo Horizonte é feito regularmente nas Centrais (localizadas nos bairros Lourdes, Barreiro de Baixo e Mantiqueira, em Venda Nova) e nos postos em parceria com outros órgãos públicos (Câmara Municipal, Uai Praça Sete e BH Resolve). 

Para evitar filas, nesses locais, o atendimento pode ser agendado no site ou pelo Disque-Eleitor (148). 

Leia mais:
Eleitores de BH poderão adiantar o recadastramento biométrico em posto itinerante do TRE
TRE monta posto para recadastramento biométrico no Barreiro