O professor de uma escolinha de futebol é suspeito de ter abusado sexualmente de um aluno. Ele foi preso na noite de segunda-feira (23) em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, mesma cidade, onde teria praticado o crime. Conforme a Polícia Civil, a vítima seria um garoto de 12 anos, que teria relatado em depoimento que o homem, de 48 anos, o forçava a praticar sexo oral sempre ao término dos treinamentos.

Conforme a polícia, no início de julho, a mãe do garoto teria notado que o filho estava se comportando de maneira estranha, inclusive, não estaria querendo ir às aulas de futebol, atividade que segundo a mãe o menino adorava. Pressionado pela mãe, o garoto acabou revelando o que estava acontecendo e denunciando o professor à Polícia Militar. A partir da denúncia o treinador começou ser investigado.
 
Na segunda-feira, a Justiça expediu um mandato de prisão preventiva contra o professor. O acusado ficará preso no Presídio Jacy de Assis por pelo menos 10 dias, prazo estipulado para que o inquérito seja concluído. Ainda segundo a polícia, o suspeito ministra aulas no município há 25 anos. Ele nega ter praticado o crime. No entanto, o professor já foi acusado de abuso sexual anteriomente, mas nada foi feito, já que na época não houve provas suficientes que pudessem o encriminá-lo.