A Vale informou nesta sexta-feira (13) que suspendeu o trem que faz a ligação de Minas Gerais com o Espírito Santo devido a manifestações na linha férrea ocorridas nessa quinta-feira (12). A interdição sedá apenas no sentido ES x MG. Os protestos aconteceram am Aimorés (MG).

"A empresa lamenta quaisquer transtornos causados aos seus passageiros, mas ressalta que a decisão de suspender o serviço tem o intuito de garantir a segurança das pessoas que utilizam o transporte ferroviário diariamente, bem como o direito de ir e vir das mesmas", diz a nota da empresa.

Os passageiros que tinham passagens marcadas para esta sexta poderão remarcar o bilhete ou pedir o reembolso em até 30 dias. As solicitações podem ser feitas em quaiquer estações ao longo do percurso.

Ainda segundo a nota, "a empresa epudia quaisquer manifestações violentas que coloquem em risco os seus passageiros, os seus empregados, e as suas operações e que firam o Estado Democrático de Direito, e ratifica que interdição ou obstrução de ferrovia, da faixa de domínio e de acessos são considerados crime pelo Código Penal", finalizou.

Segundo a Vale, as manifestações não têm relação com o transporte ou com a linha férrea.

Leia mais

Passageiros podem cancelar viagens na Estrada de Ferro Vitória-Minas pela internet