A cidade de Florestal, na região Metropolitana de Belo Horizonte, foi atingida por um leve abalo sísmico de 2.4 graus na escala Richter na madrugada desta quinta-feira (21). O abalo foi registrado pelo Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), que o considera de pequena intensidade.

"Essa é uma região que chamamos de propícia a registrar tremores. Uma vantagem é que normalmente são tremores de pequena intensidade", explicou o professor do Observatório, George Sand França.

A Polícia Miltiar e o Corpo de Bombeiros confirmaram registros do tremor, mas nenhuma ocorrência foi registrada.

Segundo o professor, a formação da área, que pode conter falhas geológicas, é o que favorece essa ocorrência de tremores em todo o Estado de MInas Gerais. Contudo, normalmente, eles são classificados como de baixa intensidade.

"Para se fazer um esudo detalhado precisamos de uma equipe, estações como já acontece em Sete Lagoas. O caso de Florestal pode ser uma falha menor, mas que precisa ser avaliada. Nem sempore conseguimos fazer um estudo detalhado. Como são tremores pequenos, só vai assustar a população", explicou Sand.

Ele lembra que já houve registros de tremores maiores, acima de 4 graus na escala Richter em Caraívas e Montes Claros. Nesses casos, os danos podem ser maiores.

Recentemente a cidade de Jequitinhonha também registrou evento semelhante, com 2 graus na escala.

Leia mais

Terra treme em Matozinhos e Minas registra o 40º abalo sísmico do ano
Aumento de tremor de terra lança alerta em Minas Gerais
Tremores de terra assustam moradores de cinco cidades mineiras

 

Florestal