Pelo menos 20 pessoas foram impedidas de participar do passeio pelas trilhas na reabertura do parque Serra do Curral, no último sábado (8). Os visitantes foram barrados devido à exigência de agendamento prévio para os percursos mais distantes. Quem não se inscreveu com antecedência conseguiu chegar até o primeiro mirante, sem a necessidade de guias.

Os visitantes barrados reclamaram que não foram avisados sobre a necessidade do registro antecipado para a caminhada monitorada. Alguns tentaram entrar com animais de estimação, mas também não conseguiram. O agendamento pode ser feito pelo telefone (31) 3277-8120 ou pelo email agendaparques@pbh.gov.br.

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informou que os detalhes da inauguração não foram divulgados por ser ano eleitoral. Já a entrada com bichos domésticos não é permitida pelo risco de transmissão de doenças para os animais silvestres.

O parque Serra do Curral fica no bairro Mangabeiras, na Zona Sul da capital, e tem capacidade para receber até 700 pessoas por dia. Entretanto, as trilhas podem ser percorridas por, no máximo, 60 visitantes.

A previsão é a de que haja cobrança para entrada na reserva, com preços variando entre R$ 2,50 e R$ 15. No entanto, segundo o presidente da Fundação Municipal de Parques, Homero Brasil, isso ainda não ocorre porque é necessário a publicação de um decreto.