Trinta e três motoristas foram flagrados dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica durante a realização de 24 horas de blitze do programa “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida” em Belo Horizonte. Da noite dessa sexta-feira (20) até a manhã deste sábado (21), 25 condutores cometeram infração de trânsito, foram multados em R$ 1915,40 e poderão perder o direito de dirigir por um ano. Já outros oito foram detidos e encaminhados ao Departamento de Trânsito da Polícia Civil (Detran). Esses, além de multados, responderão a processo criminal e tiveram as carteiras de motorista apreendidas.
 
Ao todo, 505 veículos foram abordados  durante as blitze, que foram montadas em oito pontos da capital mineira: Avenida dos Andradas, no bairro Santa Efigênia; Avenida JK, no Coração Eucarístico; Avenida Raja Gabaglia, no São Bento; Avenida Nélio Cerqueira, no Tirol; Avenida Olinto Meireles, no Santa Helena; Avenida Senhora do Carmo, no Carmo, Avenida Prudente de Morais, no Santo Antônio e BR 356, km 5, próximo ao BH Shopping. 
 
As 24 horas de blitze contaram com a participação da Polícia Rodoviária Estadual. A ação integrou a programação da Semana Nacional de Trânsito. Durante as abordagens, que normalmente realizadas pela Secretaria de Estado de Defesa Social, Polícia Militar e Polícia Civil, equipes formadas por militares do Corpo de Bombeiros, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), do Serviço Social do Transporte (Sest) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) entregaram materiais educativos, chamando a atenção para os perigos da combinação álcool e volante.
 
Entre 18h30 e 22h também aconteceram ações educativas em bares e restaurantes do bairro de Lourdes, na região Centro-Sul da capital, onde materiais informativos foram divulgados pela Liga do Trauma. O grupo é formado por alunos do curso de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A BHTrans também apresentou uma peça de teatro educativa sobre o tema.
 
A campanha
 
A campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida” foi lançada em julho de 2011 e, até este sábado, possibilitou a abordagem de 84.874 motoristas em Belo Horizonte. Desse total, 1.114 responderam por crime de trânsito e 2.653 cometeram infração de trânsito.
 
A partir de outubro deste ano, a campanha será levada a outros 12 municípios: Juiz de Fora, Uberlândia, Governador Valadares, Montes Claros, Ipatinga, Contagem, Betim, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Uberaba, Divinópolis e Lavras.