Três homens foram presos nesta quinta-feira (9) em Uberaba, no Triângulo Mineiro, por suspeita de manterem uma adolescente de 15 anos como refém para exigir que a mãe dela sacasse R$ 18 mil no banco. Um dos detidos chegou a ser perseguido por viaturas policiais por vários bairros da cidade, inclusive na região central.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher, de 44 anos, saiu de Sacramento e transitava pela MG-190 em sua caminhonete em direção a Uberaba para realizar o saque do dinheiro para o pagamento de salários de seus empregados. Após andar por quatro quilômetros, ela foi fechada por outra caminhonete, de onde saíram três indivíduos armados.

Eles exigiram que ela entregasse o dinheiro, mas a vítima afirmou que ainda não havia feito o saque. Os homens a obrigaram, então, a voltar para casa, em Sacramento, onde eles renderam a filha de 15 anos da mulher e roubaram alguns pertences.

Em seguida, um dos assaltantes obrigou a vítima a seguir até Uberaba, onde faria o saque programado de R$ 18 mil. Na outra caminhonete, os outros dois mantiveram a adolescente refém e seguiram até uma estrada vicinal, próxima ao município de Delta. Após 30 minutos de espera, eles receberam o telefonema confirmando o saque do dinheiro e mandaram que a adolescente descesse da caminhonete.

Logo após sair do banco e ver o suspeito fugir, a mulher acionou a polícia, que logo localizou a caminhonete onde estava o assaltante. O homem tentou escapar do cerco policial e houve perseguição por vários bairros de Uberaba, segundo o boletim de ocorrência. Policiais atiraram nos pneus do veículo e o carro parou na BR-262.

Mesmo oferecendo resistência à prisão, o homem foi levado à delegacia, onde relatou onde estavam os outros dois comparsas. Todos os suspeitos, de 33, 31 e 25 anos de idade, foram reconhecidos pelas duas vítimas.