O deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PRP), 41 anos, foi assaltado em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa segunda-feira (18). Os bandidos fugiram levando um veículo Voyage que possuía rastreador, além de objetos pessoais e carteira. No mesmo dia, três suspeitos de cometerem o crime foram presos e contaram à Polícia Militar (PM) que pretendiam vender o carro por R$ 500.

De acordo com o deputado, ele havia estacionado seu carro na Alameda da Serra, no Vale do Sereno, quando dois homens armados o abordaram, ordenando que ele descesse do veículo sob ameaça de morte. O terceiro suspeito ficou em um Fiat Siena fazendo a cobertura do crime.

O trio fugiu em sentido ao Anel Rodoviário, no entanto, em acompanhamento pelo rastreador do veículo, ao chegar na rua Paulista, no bairro Fernão Dias, a PM conseguiu fazer a abordagem. Maurício Rodrigues de Souza, 24 anos e Maxwell Sousa Matos, 23 anos estavam no carro, que já estava com uma nova placa. Com o primeiro foi encontrada uma arma de fogo e um relógio Hugo Boss, este último roubado do deputado.

Muhadh Alvares Zaidan, 28 anos, estava no Fiat Siena e também foi detido. Embaixo do tapede do veículo foi encontrado um revólver calibre .38. Durante busca na residência de Muhadh os  militares apreenderam também uma pistola 380 e 25 munições, além de vários objetos de procedência duvidosa.

A vítima reconheceu os autores do roubo, os carros foram removidos e a ocorrência foi finalizada na Delegacia de Plantão do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran).