Em pleno Carnaval de BH, a economista Camila Tomé, de 35 anos, vai trocar a sua fantasia de Rainha da Sucata por um vestido de noiva para se casar durante o cortejo do bloco "Pó de Sim", no bairro Floresta, região Leste da capital. Paulistas, ela e o noivo, Marcelo Patarro, vão dizer o "sim" e festejar a união às 14h, quando o bloco desemboca na Praça Comendador Negrão de Lima. 

Antes disso, desde as 10h, quando se inicia a concentração na Praça Zamenhof, eles vão curtir o Carnaval junto com os amigos e as famílias que trouxeram de São Paulo. O motivo da escolha ser a capital mineira para a celebração é que a cidade foi onde o romance começou. 

"Esta é a segunda vez que venho para o Carnaval de BH, a primeira foi em 2017, quando encontrei o meu noivo. Na ocasião, eu morava em Brasília com uma amiga que me fez o convite e eu vim para conhecer. Agora, eu estou voltando, e para casar", conta Camila. 

Ao longo do desfile, chuvas de confetes e purpurinas vão se misturar às chuvas de arroz, e as músicas de Carnaval vão se transformar em marcha nupcial, mas ainda em ritmo de folia. 

A cerimônia vai contar com a banda Bougansamba e a praça toda decorada para a ocasião. O bloco Pó de Sim, que desfila pela terceira vez este ano, é conhecido como bloco casamenteiro, visto que costuma celebrar uniões em seus cortejos. 

Leia mais:

Saiba quais são os blocos da paquera no Carnaval de BH
Pela primeira vez, rodoviária de BH tem mais ônibus chegando para o Carnaval do que saindo
Guia do Carnaval! Faça o download da programação dos blocos imperdíveis da folia em BH