O município de Ubá, na Zona da Mata, decretou neste sábado (25) situação de emergência devido à fortes chuvas que castigam a região. O número de desalojados chegou a 30 pessoas, todas encaminhadas à casa de familiares.
 
Três pessoas foram desabrigadas e encaminhadas para a Casa Cidadã. Nove imóveis estão interditados, nos bairros Inês Grôppo, Industrial, Centro, Meu Sonho e São Domingos.
 
O Corpo de Bombeiros recebeu um total de 79 chamadas desde ontem. Somente a partir das 8h de hoje foram recebidos 28 chamadas relacionadas à chuva, em toda sua área de atuação (não apenas Ubá), principalmente relacionadas a risco de desmoronamento.
 
Diversos pontos de alagamentos foram registrados pela cidade, além do extravasamento da calha do Ribeirão Ubá na Av. Comendador Jacinto S. S.Lima (Beira-Rio), causando a inundação de toda a avenida e suas pontes.
 

Em relação aos acessos a distritos, foi restabelecida a passagem nas estradas de Ubari e Miragaia. A ponte do Santa Rosa foi recuperada provisoriamente, permitindo a passagem inclusive de veículos pesados. Já a ponte do Aeroporto (Edinho Farinheiro) foi danificada.

A passarela da rua Pedro Candian, no bairro Industrial, foi deslocada e sua reconstrução é prioridade, de acordo com a Prefeitura. A Ponte do Córrego dos Mendes passará por recomposição da proteção lateral.

Doações de alimentos não perecíveis e água mineral podem ser entregues no Fórum Cultural. Preferencialmente, garrafas de até 5 litros, vedadas.