Para garantir que todos os alunos dos cursos de graduação tenham acesso a computadores e internet, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) anunciou quatro chamadas para os interessados, dentre aqueles que já participam do programa de inclusão digital da instituição, em receber recursos para aquisição desse material.

A medida poderá beneficiar até 8 mil estudantes cadastrados no programa. "A nossa expectativa é a de atender a todos que integram a nossa política de assistência social, mas não sabemos quantos efetivamente irão se interessar", observa o vice-reitor Alessandro Moreira.

São quatro chamadas voltadas para a graduação, que oferecem equipamentos, com auxílio de até R$ 1,5 mil; acesso à internet, com valores que variam de R$ 70 a R$ 100; empréstimo de computadores e aquisição de material acadêmico específico para estudantes com deficiência, podendo pleitear até R$ 1,5 mil.

As inscrições deverão ser feitas até 20 de julho, com os recursos sendo disponibilizados a partir do dia 23. Os alunos terão dez dias para fazer as aquisições, já que as aulas na UFMG estão previstas para começarem em 3 de agosto, no caso dos cursos de graduação - a pós-graduação já retomou as atividades.

De acordo com o vice-reitor Alessandro Moreira, alunos poderão participar das duas chamadas envolvendo acesso à internet e compra de equipamentos. Eles terão liberdade para escolher os pacotes e a configuração do computador, podendo complementar com um valor próprio para ter mais opções.

O gestor frisa que as chamadas com esse perfil não são inéditas na universidade. "Já é uma rotina nossa. A cada dois, três anos, lançamos um edital de aquisição de equipamentos, dentro de nossa política de inclusão social", registra o vice-reitor.

Leia Mais:
Minas tem 205 mil alunos de 12 universidades e institutos federais sem aula; veja regra para retorno
MEC lança protocolo para retorno às aulas em instituições federais
UFMG poderá oferecer suporte para alunos mais pobres acessarem aulas remotas