O Departamento de Nutrição da Escola de Enfermagem vai cadastrar voluntários para participar de uma pesquisa sobre enxaqueca. O que será testado é a eficácia do gengibre no tratamento preventivo da doença.

Para se inscrever é preciso ter entre 18 e 60 anos e já ter sido diagnosticado com enxaqueca, com duas a oito crises por mês. Mulheres não podem estar grávidas ou amamentando e os voluntários não podem já estar fazendo uso de medicação preventiva.

As inscrições podem ser feitas com Laís Bhering, pelo e-mail atendimentoenxaquecaufmg@gmail.com ou pelos telefones (31) 99358-9143.