A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu nesta nesta sexta-feira (21), no  um homem, de 35 anos, considerado um dos maiores traficantes de cocaína do estado. Ele estava foragido há dois meses e foi localizado em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Com o suspeito, os agentes encontraram um automóvel de luxo, um jet-ski e vários documentos que indicam que ele também estava envolvido em crime de lavagem de dinheiro. “Por termos encontrado esses bens em nomes de terceiros e constatarmos que ele fazia uso de todos eles, o suspeito deverá ser autuado também por lavagem de dinheiro”, explicou o delegado  Marcus Vinícius Lobo Leite Vieira.

Traficante preso

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito liderava uma organização criminosa que agia em Belo Horizonte e Ribeirão das Neves, mas com ramificações em todo o estado. O suspeito tinha vários mandados de prisão em aberto e passagens policiais por tráfico de drogas, associação para o tráfico e homicídio. “Anteriormente, ele chegou até a ser preso em posse de 150 quilos de pasta base de cocaína”, destacou.

Fuga

O investigado chegou a ser preso pela PC em 14 de dezembro do ano passado pelo crime de uso de documento falso e, na ocasião, foi cumprido também mandado de prisão expedido pela Justiça em Belo Horizonte. Mas em 20 de fevereiro, ele fugiu do sistema prisional, junto com outros detentos, e desde então estava foragido. “Nós também estamos investigando as circunstâncias dessa fuga, para saber se houve facilitação de terceiros no caso”, concluiu Vieira.