Um dos suspeitos de matar Giovanna Ramos Duarte, de 10 anos, em Santa Bárbara, na região Central de Minas Gerais, se entregou à polícia na tarde desta quinta-feira (3). 
 
De acordo com a assessoria da Polícia Civil (PC), Lucas Vinícius Silva, de 18 anos, o "Luquinhas, se apresentou na Delegacia de Barão de Cocais a pedido dos seus advogados. Os defensores alegaram que a intenção foi manter a integridade física do jovem, que nega qualquer envolvimento no crime.
 
Outros dois suspeitos, Filipe Ferreira da Silva, o "Filipim", e Márcio Emanoel dos Santos, ainda estão foragidos. Porém, os advogados deles garantiram que a dupla também irá se entregar, mas não informou o dia. 
 
O crime
 
Gioavanna foi vítima de bala perdida no último sábado (30), quando brincava com o pai na rua.
 
Segundo a Polícia Militar (PM), o autor do disparo foi "Filipim", que tem várias passagens pela polícia. Ele queria matar Diego Rafael Silva Ribeiro. O alvo chegou a ser ferido em uma das pernas, mas a criança acabou atingida na cintura. Giovanna foi socorrida, mas não resistiu ao tiro.
 
Ainda segundo a PM, os motivos da tentativa de homicídio contra Ribeiro seriam passional e disputa de comando do tráfico de drogas.  (*Com informações da PC)