O Datafolha divulgou pesquisa realizada entre os dias 11 e 12 de agosto, que aponta que 89% dos entrevistados se sentem confiantes em tomar uma vacina contra o coronavírus Covid-19, assim que ela estiver disponível. Por outro lado, a pesquisa também indicou que 9% não usariam a substância. Outros 3% não souberam opinar. 

Atualmente há três projetos de desenvolvimento de vacinas contra o novo coronavírus envolvendo governos estaduais e federal. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) trabalha em conjunto com a Universidade de Oxford o laboratório AstraZeneca, numa solução que pode chegar a 100 milhões de doses, quando aprovada. O governo federal investirá R$ 1,93 bilhão.

Já o Instituto Butantan, vinculado ao estado de São Paulo, firmou parceria com o laboratório chinês Sinovac, e o governo do Paraná tem negociado com a Rússia para adquirir a vacina do laboratório Gamaleya, que foi aprovado por Moscou, mesmo sem ter seguido todas as etapas de validação da vacina.

Com margem de erro de dois pontos percentuais, o levantamento ouviu 2.065 brasileiros adultos, via telefone.