O governo de Minas informou, na tarde desta quarta-feira (15), que pouco mais de um terço dos testes de Covid-19 realizados em Minas são confirmados como positivos para a doença. A taxa tem variado, nas últimas semanas, entre 30% e 35%.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, o dado é referente aos exames aplicados pela rede pública no grupo prioritário, que é composto por pacientes graves, internados, com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), e profissionais de saúde e segurança pública sintomáticos.

"À medida que a infecção foi progredindo, nós tivemos um aumento da taxa de positividade dentro dos nossos laboratórios, de forma que, já há algumas semanas, essa taxa está variando entre 30% e 35%", declarou Amaral.