O Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH) está investigando uma suposta ameaça que uma aluna teria feito a colegas de sala no campus da avenida Cristiano Machado, no bairro União, na região Nordeste de Belo Horizonte. 

Segundo a Polícia Militar, no dia 4 de maio, uma estudante procurou a 22ª Cia da Polícia Militar alegando que teria sofrido ameaças de uma colega da faculdade e que o fato teria ocorrido porque ela e outros estudante de turma teriam saído mais cedo no dia 30 de abril, atrapalhando o andamento da aula.

No mesmo dia, a aluna, que fez o boletim de ocorrência, teria se explicado em grupo de WhatsApp que precisou sair mais cedo alegando que morava em um local perigo. Ela também teria pedido desculpas aos colegas.

A aluna acusada das ameaças teria dito, também por mensagem, que “infelizmente vai ter que ir para a faculdade armada para que seus direitos sejam respeitados”.

Ainda conforme os militares, por causa da ameaça, uma reunião foi marcada com a direção da instituição, que informou que o assunto seria resolvido internamente.

Veja a nota do Uni-BH:

O caso ganhou repercussão nas redes sociais. Alguns alunos relataram medo. Confira:

1
2
3
6
5