Para reduzir o número de pessoas atendidas diariamente em tempos de pandemia, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) informou nesta terça-feira (2) que os usuários do Farmácia de Minas, em Belo Horizonte, poderão pegar uma quantidade maior de medicamentos que serão consumidos em até dois meses.

A medida, segundo a pasta, é para evitar aglomerações e a contaminação pela Covid-19 na unidade do bairro Santo Agostinho, na região Centro-Sul da capital.

De acordo com a SES, o início da ação está previsto para março. "Encontra-se em avaliação para outros medicamentos e é possível que seja ampliada a outros usuários a partir de abril", diz o comunicado.

Confira a lista:

Ambrisentana 5 mg ;

Calcitonina 200 UI;

Cloroquina 150 mg ;

Codeína 60 mg ;

Genfibrozila 900 mg ;

Lamotrigina 25 mg ;

Morfina sol oral ;

Morfina LC 100 mg;

Morfina LC 60 mg.