Vídeo mostra atirador invadindo igreja antes de matar fiéis em Paracatu; assista

Renata Evangelista*
22/05/2019 às 09:26.
Atualizado em 05/09/2021 às 18:46
 (Reprodução)

(Reprodução)

A invasão do homem que matou três fiéis dentro de uma igreja evangélica em Paracatu, na região Noroeste de Minas Gerais, foi registrada por uma câmera de circuito de segurança. As imagens que circulam na internet mostram o momento em que o suspeito, identificado como Rudson Aragão Guimarães, de 39 anos, entra no templo e faz reféns. Neste momento, o homem já havia matado a ex-namorada com uma facada no pescoço.

Confira imagens da invasão:


Pelas imagens é possível ver que o homem arranca a grade do portão com o uso da força. Depois de entrar na igreja, ele é seguido por uma criança. Na sequência, uma mulher surge no vídeo, tentando deixar o local, mas não consegue e é obrigada pelo atirador a voltar para o interior da igreja.

No vídeo não é possível ver o momento em que o atirador, que é militar reformado das Forças Armadas, atira e mata os fiéis com uma garrucha calibre 36. Durante a ação, que aconteceu no início da noite de terça-feira (21), o suspeito matou duas pessoas na igreja - um homem com um tiro na cabeça e uma mulher. Uma terceira vítima foi assassinada enquanto o homem negociava a redenção com a Policia Militar.Enviada pelo WhatsApp 

Movimento em frente à igreja após o crime

Os policiais atiraram na clávicula do suspeito depois que ele matou a terceira pessoa. O homem foi socorrido e está internado em estado grave em um hospital da cidade. O ataque aconteceu no bairro Bela Vista e aproximadamente 20 pessoas estavam reunidas no templo.

Passional

Quando invadiu a igreja, o atirador já havia entrado na casa da própria mãe, onde estavam também uma irmã e a ex-namorada. Ele, que estaria inconformado com o fim do relacionamento, teria partido para cima da ex e a matado com uma facada no pescoço.

As vítimas do atirador estão sendo veladas na manhã desta quarta-feira (22) e devem ser enterradas à tarde.

Outro vídeo gravado logo após o ataque mostra a movimentação no local do crime:

*Com Cinthya Oliveira

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por