Um vídeo mostra a emoção de diretores e pesquisadores do Instituto Butantan ao receber os dados demonstrando a eficácia da CoronaVac, contra a Covid-19, nos testes realizados no Brasil.

Assista:

Nesta quinta-feira (7), foi anunciado a eficácia de 78% da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo governo de São Paulo em parceria com a empresa chinesa Sinovac Biotech. Os estudos clínicos da vacina foram apresentados à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em reunião com membros do Butantan.

Além disso, o imunizante garantiu 100% de proteção contra mortes, casos graves e internações nos voluntários vacinados que foram infectados pela doença.

Ao todo, a vacina foi testada em sete estados, incluindo Minas Gerais e no Distrito Federal, com 13 mil voluntários. 

Após o encontro, o Butantan oficializou o pedido para registro emergencial do imunizante. O instituto espera que o rito para pedido de uso seja concretizado até a próxima sexta-feira (7).

Os dados foram revisados na Áustria pelo Comitê Internacional Independente, que acompanha os ensaios realizados em oito estados do país.

O Brasil contabiliza 200.011 mortes e 7.921.803 casos de Covid-19 desde o início da pandemia, segundo balanço com informações das secretarias estaduais de Saúde desta quinta-feira (7).