O Corpo de Bombeiros resgatou um banhista, de 39 anos, que ficou ilhado em uma represa de Cachoeira da Prata, na região Central de Minas Gerais. A vítima lutou contra a correnteza por mais de duas horas na tarde deste domingo (10).

Segundo os militares, o homem teria feito uso de bebida alcoólica antes de entrar na água e ser arrastado. Logo que chegaram no local, os militares perceberam que o resgate seria complicado, principalmente por causa da força da correnteza, que encobriu a vítima diversas vezes.

Ele ficou com a perna presa em uma pedra e antes mesmo da chegada dos bombeiros, populares tentaram socorrê-lo jogando uma corda. 

Com uma roupa especial de mergulho, um bombeiro entrou na água e conseguiu chegar até a vítima utilizando uma corda. Ele foi amarrado pelos pés e puxado até a margem do rio. 

Assista:

O banhista foi levado para o hospital municipal de Sete Lagoas, também na região Central de Minas, com hipotermia, que é a queda brusca da temperatura do corpo.