Vídeos com dicas para melhorar o desempenho sexual masculino com a aplicação de pasta de dente no pênis têm ganhado espaço em grupos de WhatsApp (mas também podem facilmente ser encontrados no Youtube). O motivo é a promessa milagrosa de ereção prolongada e cura da ejaculação precoce. Para supostamente alcançar os efeitos, o homem deveria aplicar o produto no órgão genital e esfregar durante cinco minutos, antes da relação sexual. A "receita", porém, é contestada pelo presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, seccional Minas Gerais,  Pedro Romanelli.

"A questão da sexualidade mexe muito com a cabeça de todo mundo e dá margem para pessoas mal intecionadas se aproveitarem desse homem que está mais sensibilizado. Além disso, a aplicação da pasta de dente no pênis pode provocar lesões na mucosa e uretra", alerta o médico. 

Romanelli também alerta que, durante a relação sexual, a mulher também pode ter queimadura na mucosa da vagina. "A pasta de dente é contraindicada para esse tipo de problema e também para queimaduras como muita gente ainda costuma falar", explica. 

O médico explica ainda que não existe receita milagrosa ou caseira para disfunção erétil ou ejaculação precoce. A orientação é que a pessoa procure um urologista para ser diagnosticado e tratado com medicamentos cientificamente testados. 

Disfunção erétil pode ser sintoma de outras doenças

A disfunção erétil precisa ser avaliada por um médico especialista, porque ela pode ser um sintoma de outras doenças como diabetes e hipertensão.

"O paciente precisa passar por avaliação para ver a saúde como um todo, inclusive o tratamento da parte psicológica, que fica um pouco afetada também", esclarece Romanelli.

Segundo o médico, a disfunção erétil, em mais da metade dos pacientes, tem componente psicológico associado. Dessa forma, além do tratamento clínico é indicado, em alguns casos, o tratamento com psicólogos.

Leia mais:
Minas registra mais de 8 mil casos de sífilis neste ano e secretaria alerta para a prevenção
Criada com apoio da UFMG, primeira robô trans do país vai ajudar na prevenção do HIV