A vacinação contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos é “questão de tempo”. A expectativa é do secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti. Nesta semana, a Pfizer e a BioNTech comunicaram que a vacina desenvolvida pelas empresas induz uma resposta imune robusta a esse público.

Por enquanto, o imunizante só é aplicado em adolescentes de 12 a 17 anos no Brasil, conforme orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).   

“Provavelmente, as crianças abaixo de 12 anos também serão imunizadas, porque a Pfizer mostrou em estudos que é segura a vacinação. Então, há uma expectativa sim da aprovação”, disse, afirmando, ainda, que o Estado iniciará a aplicação tão logo tenha uma autorização. 

“Caso a Anvisa aprove tecnicamente que a vacina é segura e o Ministério da Saúde inclua dentro do PNI (Programa Nacional de Imunizações), e nos distribua essa vacina, de imediato o Estado irá, então, imunizar as crianças”, acrescentou.

Leia mais:
Cidades de Minas sem estoque da AstraZeneca para 2ª dose poderão aplicar Pfizer
Primeira dose da vacina contra a Covid foi aplicada em 93% dos adultos de Minas
Variante Delta representa metade dos casos de Covid avaliados em Minas, diz secretário de Saúde