A Vale criou um Comitê de Ajuda Humanitária, formado por assistentes sociais e psicólogos, para prestar assistência aos atingidos pelo rompimento da barragem em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A empresa também está providenciando hospedagem aos atingidos e familiares.

O atendimento é feito na Estação Conhecimento de Brumadinho, onde funcionários da empresa vão receber as pessoas e fazer a identificação. Segundo a empresa toda infraestrutura está sendo montada para o fornecimento de alimentos, água e medicamentos. A iniciativa conta com apoio do Sesi/MG, que também fornecerá tendas e cadeiras.

Serviço

Local de atendimento:

Estação Conhecimento de Brumadinho: Rodovia MG 040, KM 49, Área Rural Brumadinho

A empresa disponibilizou também canais telefônicos para apoio e atendimento à população. Os números para atendimento são: 0800 285 7000 (Alô Ferrovia - prioritário) e 0800 821 5000 (Ouvidoria da Vale). 

Sobre o acidente

O rompimento da Barragem 1 da Mina Feijão, em Brumadinho (MG), ocorreu no início da tarde. No momento em que a área administrativa foi atingida pelos rejeitos havia empregados e terceirizados da Vale no local. O resgate e os atendimentos aos feridos estão sendo realizados no local pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil. Ainda não há confirmação sobre a causa do acidente.

Em nota, a Vale lamenta profundamente o acidente e está empenhando todos os esforços no socorro e apoio aos atingidos. A prioridade máxima da empresa, neste momento, é apoiar nos resgates para ajudar a preservar e proteger a vida de empregados, próprios e terceiros, e das comunidades locais. A estrutura estava em processo de descomissionamento, e não recebia mais rejeitos.