A mineradora Vale informou que vai repassar R$ 1 milhão para projetos desenvolvidos por moradores de Brumadinho, na região Central de Minas, que prevêem atividades para melhorar a qualidade de vida das comunidades impactadas pelo rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão. O desastre, ocorrido em janeiro de 2018, deixou 270 mortos.

Conforme a empresa, a verba faz parte da segunda edição do Programa Valorizar Brumadinho, que está com inscrições abertas até o dia 5 de junho. Os interessados devem cadastra-se neste site. Este ano, o programa prevê oficinas e capacitações em elaboração de projetos, captação de recursos, além de outros temas importantes para o terceiro setor.

Na segunda etapa do programa, ainda em 2020, será lançado um edital que selecionará os projetos que receberão investimento social da mineradora para que possam desenvolver as atividades escolhidas.

Leia mais:
Vale tem dez dias para apresentar garantia de quase R$ 8 bilhões em processo de Brumadinho
Sem captação pelo Paraopeba desde a tragédia de Brumadinho, Pará de Minas terá nova rede em julho
Responsabilidade social: Vale investe em ampliação de hospitais e equipamentos para combater a Covid