A Vale retomou nesta quinta-feira (6) o transporte de cargas na Estrada de Ferro Vitória-Minas no trecho entre Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e Barão de Cocais, na região Central do Estado. A operação estava suspensa desde o dia 19 de maio por causa do risco de rompimento do talude Norte, na Mina de Gongo Soco.

Segundo a empresa, a decisão foi tomada após uma empresa internacional de consultoria atestar que uma eventual onda gerada pelo deslizamento do talude não atingiria a ferrovia.

Já o trem de passageiros permanece em operação especial. Quem parte da estação Belo Horizonte embarca em ônibus alugados pela mineradora e é levado até a Estação Dois Irmãos, em Barão de Cocais, de onde segue a viagem por trem.

No sentido contrário (Vitória-Belo Horizonte) os passageiros desembarcam do trem na Estação Dois Irmãos e seguem de ônibus até o destino final. Essa  alteração é preventiva e está sendo feita desde o dia 16 de maio.

A Estrada de Ferro Vitória a Minas percorre 51 municípios e é responsável pelo transporte de minério de ferro, combustíveis, grãos e aço.

Leia mais:
MPMG busca soluções para reparar danos ao patrimônio imaterial em Barão de Cocais
Clima de apreensão em Barão de Cocais deve permanecer por tempo indeterminado
Movimentação do talude da mina em Barão de Cocais volta a crescer e chega a 40,9 cm/dia