Belo-horizontinos de 37 e 36 anos recebem, a partir desta segunda-feira (26), a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Durante a semana, o município também completará o esquema vacinal de profissionais da saúde. A imunizaçõ ocorre em postos extras, fixos e pontos de drive-thru.

Nesta segunda, recebem a primeira dose os moradores de BH que tenham 37 anos. Já na sexta (30), será a vez daqueles com 36. A segunda dose será aplicada na terça (27) e na quarta (28), de forma antecipada, em cerca de 150 mil profissionais de saúde, com idade entre 18 e 36 anos.

Para ambos os públicos, a vacinação segue das 8h às 17h nos postos fixos e extras e das 8h às 16h30 no drive-thru. Para garantir a imunização em primeira dose é preciso ser cidadão residente de BH; apresentar documento de identificação com foto; não ter recebido a vacina contra a Covid-19; não ter recebido qualquer outro imunizante nos últimos 14 dias e não ter tido a doença com início de sintomas nos últimos 30 dias.

Já os profissionais de saúde, que buscam a conclusão do esquema vacinal, devem apresentar o cartão de vacina, documento de identidade e CPF. O público-alvo deve se vacinar exclusivamente nos locais listados pela prefeitura (veja os endereços aqui). 

Cronograma da semana: 

  • Segunda-feira (26): moradores de 37 anos
  • Terça-feira (27): segunda dose profissionais da saúde
  • Quarta-feira (28): segunda dose profissionais da saúde
  • Quinta-feira (29): moradores de 36 anos

Repescagem

Os moradores de BH que não receberam a segunda dose no dia agendado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) terão 27 pontos de repescagem para completar a imunização. Esse público tem até uma semana após a convocação para comparecer aos postos. 

Quem perder o prazo sem justificativa, vai para o fim da fila e terá que esperar a chegada de novas remessas e uma nova convocação. Os centros de saúde estão definidos por tipo de imunizante, para facilitar o acesso do usuário e os endereços estão disponíveis no site.

Leia mais:
Brasil registra 19,68 milhões de casos de Covid-19 e 549,92 mil mortes
87% das cidades do país têm menos habitantes que os mortos pela Covid em Minas
Belo Horizonte começa a vacinar pessoas com 37 anos nesta segunda-feira