Interditado desde a noite da última quinta-feira, o viaduto Gil Nogueira, que passa sobre a avenida Pedro I, próximo da Estação do Move Pampulha, em Belo Horizonte, deverá ser liberado a partir do meio-dia de amanhã. Os trabalhos para corrigir um desnível de 2,5 centímetros na estrutura estão em ritmo acelerado.

Segundo um dos operários da obra, na última sexta-feira (3) os reparos estavam concentrados na abertura das juntas de dilatação da pista. Em seguida, macacos hidráulicos seriam usados para suspender o elevado, entre o pilar e o tabuleiro. “Acreditamos que ficará pronto amanhã (este sábado, 4), mas temos que esperar até domingo para avaliar se tudo ficou correto”, disse o funcionário, que preferiu não se identificar.

O problema foi detectado durante vistoria da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e informado às empresas Consol e Cowan, responsáveis pelo projeto executivo e obra. Dos sete viadutos do Move da avenida Pedro I, este é o terceiro a apresentar problemas. Em julho de 2014, a alça Sul do Batalha dos Guararapes caiu matando duas pessoas. O trânsito ficou fechado na via por mais de dois meses. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil informaram que não ha risco de queda no elevado Gil Nogueira.
 
Desvio

Motoristas que passam pelo local devem ficar atentos aos desvios. O tráfego está fechado em ambos os sentidos. Segundo a BHTrans, várias mudanças foram necessárias, como inversão da circulação na rua Irlanda, entre avenida Portugal e rua Sãozinha Baggio Coutinho, e na rua São Miguel, entre Maria Moreira Reis e Praça Três Poderes.