Pelo menos dois assassinatos foram registrados, em Belo Horizonte, na madrugada desta segunda-feira (7). Na região de Venda Nova, um andarilho foi morto com pauladas na cabeça. Já no bairro Jonas Veiga, região Leste, um homem foi executado com um tiro na cabeça.

O primeiro caso, conforme a Polícia Militar, aconteceu por volta de 1h40, em um lote abandonado que fica na rua Delnize Souto Mayor. No local, os militares encontraram o andarilho, que tem aproximadamente 60 anos, caído e já sem vida.

A perícia esteve no local e constatou que a vítima recebeu vários golpes na região da cabeça. Ainda não há informações sobre o suspeito do crime, mas câmeras de segurança de um imóvel próximo podem ter registrado a ação do bandido.

O corpo do morador de rua, que era bastante conhecido na região, foi encontrado depois que um outro andarilho foi até um bar e contou sobre o cadáver. A dona do estabelecimento, então, acionou a PM que, no local indicado, encontrou o cadáver.

O caso foi registrado na 3ª Delegacia de Homicídios de Venda Nova e será investigado pela Polícia Civil.

Passional

Na rua Taquaril, no bairro Jonas Veiga, um homem de 34 anos foi assassinado provavelmente por motivo passional. De acordo com testemunhas, o rapaz estava em casa quando um outro homem o chamou no portão. Ao aparecer na entrada da casa, a vítima foi baleada na cabeça.

A namorada do homem morto contou que o crime foi passional, já que o companheiro havia se desentendido com um ex-namorado dela. Segundo a mulher, durante o dia, os dois teriam se desentendido, por meio do WhatsApp, e o ex teria ameaçado o atual de morte.

A PM foi até a casa do suspeito, que mora de Vespasiano, na Grande BH, mas o homem não foi localizado. A ocorrência foi registrada na 5ª Delegacia de Homicídios Sul e também será investigado pela Polícia Civil.